Vitrine de Curiosidades /42
Aeroplano Irmãos Wright
Edifício de São Francisco | Memórias, 7 de novembro a 4 de dezembro
Os irmãos Wright, Wilbur (1867-1912) e Orville (1871-1948), norte-americanos, foram inventores e pioneiros da aviação, a quem foi atribuído o crédito pelo desenvolvimento da primeira máquina voadora “mais pesada do que o ar”, que, a 17 de dezembro de 1903, efetuou um voo controlado.
A presente instalação é uma peça de memorabilia relativa ao centenário do primeiro aeroplano dos irmãos Wright a ser comercializado, o Wright Model A, apresentando o aparelho e uma série de outros elementos, incluindo a pista de voo.
Com efeito, o Wright Model A foi a primeira aeronave produzida em série pelos irmãos Wright, a partir de 1906, tendo sido, de igual forma, a primeira que eles comercializaram e a primeira a ser produzida em série no mundo. Além das sete aeronaves produzidas, os irmãos Wright venderam licenças de produção para a Europa, tendo o maior número sido produzido na Alemanha, pela Flugmaschine Wright GmbH, que construiu cerca de 60 exemplares.
Mais informações sobre esta e outras peças da rubrica de Vitrine de Curiosidades podem ser encontradas na secção “Coleções” do site do Museu de Angra do Heroísmo, acessível através do link: https://museu-angra.azores.gov.pt/vitrine.html.
A rubrica Vitrine de Curiosidades retoma, assim, as conotações de maravilha, singularidade e diferença inerentes aos Gabinetes de Curiosidades, antecessores dos atuais museus, em que, durante o Renascimento e na sequência dos Descobrimentos, se acumulavam seres, objetos e obras consideradas raras e estranhas. Constituindo-se como uma oportunidade de estudar o notável acervo de que esta instituição é detentora, bem como de o divulgar junto dos seus visitantes e frequentadores, no âmbito desta mostra são exibidas mensalmente peças das coleções do Museu de Angra do Heroísmo que, pela sua origem, natureza, função ou possuidor, se consideram ser capazes de atrair a atenção, despertar a imaginação e estimular a reflexão, dando a conhecer outras realidades espaciais e temporais.