Vitrine de Curiosidades /34
Miniatura de “Dança Popular”
Edifício de São Francisco | Memórias, 8 de fevereiro a 6 de março
Esta miniatura de uma “Dança Popular”, feita por crianças da Escola Mista da Ladeira Grande, sob a orientação da sua professora, retrata uma dança de Carnaval, tal como seria vista na década de 50 do século passado. É composta por bonecos de pano que, na sua aparência de antigos cavaleiros, representam o mestre, os dançarinos, os tocadores e o ratão das danças desse tempo. Os dois primeiros vestidos com trajes brancos, faixas vermelhas e douradas cruzadas sobre peito e cingidas à cintura, e uma espécie de coroa (ou tiara) na cabeça, e o último, uma figura de velho trocista, caricaturado em roupas andrajosas e desajeitadas. Pertencente à Unidade de Gestão de Etnografia do Museu de Angra do Heroísmo, esta peça documenta a tradição popular das danças de Entrudo da ilha Terceira, enquanto celebrações dos aspetos mais físicos e efémeros da vida como o corpo e a palavra.