Sentinelas do Tempo
Sacas para relógios

As bolsas, de influência burguesa, são acessórios que servem para guardar e transportar bens pessoais, neste caso específico, os relógios de bolso, que são considerados objetos de prestígio e ostentação social e um complemento do traje masculino. Estas bolsas, produzidas localmente na Ilha Terceira, na primeira metade do século XX, com lã de diversas cores, de várias formas e pontos, são bonitas peças de artesanato. Muitas vezes eram oferecidas pela mãe ou pela namorada como símbolo de compromisso.
Integram a Unidade de Gestão de Têxteis do Museu de Angra do Heroísmo, tendo figurado na exposição “Mecânica(s) do Tempo”, em junho de 2016, na Sala do Capítulo.