Histórias ao Ar Livre
Fato de banho

A valorização dos banhos de mar com fins terapêuticos, desde meados do século XIX, dará origem a uma alteração dos padrões de comportamento no que ao lazer diz respeito e, por essa razão, os encontros e as idas a banhos assumem um papel importante no convívio e sociabilidade nos finais do século.
Elemento fundamental para cumprir esse novo comportamento, o fato de banho é um símbolo da libertação do corpo, do desportivismo e da jovialidade que as gerações mais novas logo adotam.
A versão masculina, com mangas curtas, perneiras e abotoado à frente até à zona do decote, apresentava muitas vezes um padrão listado que, na simbologia que as cores e a estética dos padrões têm assumido ao longo do tempo, é geralmente identificado como algo que assinala a transgressão e o inconformismo.
Enquanto miniaturas da idade adulta, as crianças vestem o mesmo que os adultos, conceção que este fato de banho de criança, que integra a Unidade de Gestão de Têxteis do MAH, ilustra adequadamente.