Novos Tempos/ Velhas Soluções
Núcleo de História Militar Manuel Coelho Baptista de Lima, 16 de novembro a fevereiro de 2022
Esta armadura de trincheira alemã – sappenpanzer – do período da 1ª Grande Guerra, constitui anacronicamente um exemplo paradigmático da utilização de uma velha tecnologia num contexto técnico e tático substancialmente diferente, dado que o emprego em larga escala de metralhadoras automáticas mudou por completo a face da guerra na Europa nessa época, transformando uma guerra de movimento numa guerra de posições entrincheiradas. As metralhadoras, ditas pesadas, montadas em posições fixas, em numerosos pontos das longas linhas de trincheiras, tiveram então um papel fundamental na contenção dos assaltos de Infantaria, pelo que para proteger o seu atirador foram adotadas couraças como esta, constituídas por um peitoral em aço do qual suspendem várias placas, também em aço, destinadas a proteger o abdómen e os genitais.

Folha de sala (pdf)