Concorde: mais rápido que o som
Aerogare Civil das Lajes, até 27 de setembro
Esta grande maquete do avião Concorde, na escala 1/24, fixa na memória dos açorianos a Cimeira Atlântica de 1971, realizada na ilha Terceira, entre Richard Nixon, presidente dos EUA e Georges Pompidou, presidente da França, que viajou precisamente num Concorde. Marcelo Caetano, presidente do Conselho de Ministros à data, foi o anfitrião do encontro. O Concorde foi um dos dois únicos aviões supersónicos de passageiros fabricados no mundo, tendo sido produzido entre abril de 1965 (fabricação da primeira peça) e o final de 1978, pelo consórcio formado pela British Aircraft Corporation (BAC) e a francesa Aerospatiale. Os voos comerciais começaram em 21 de janeiro de 1976 e terminaram em 24 de outubro de 2003, tendo sido operado apenas pelas companhias British Airways e Air France. Um acidente, em Paris, a 25 de julho de 2000, que provocou a morte de todos os passageiros, levou à paralisação de toda a frota francesa e britânica e é considerado como a principal causa do fim dos voos do Concorde. O presente modelo foi oferecido ao Museu de Angra do Heroísmo pelo diretor da própria empresa fabricante da aeronave e integra a Unidade de Gestão de Náutica e Aeronáutica.

Folha de sala