Vitrine de Curiosidades /4
Crânio de Fenologia
De 9 de abril a 5 de maio
Esta peça assaz estranha e macabra destinava-se ao estudo de frenologia, doutrina criada por Franz Joseph Gall, médico e anatomista alemão, que, considerando o cérebro o locus das emoções, materializava na superfície do crânio – através da análise das suas protuberâncias e das suas saliências, a que chamava órgãos – as faculdades mentais. Esta cartografia possibilitava identificar, por exemplo, o amor físico, os lugares, as pessoas, a consciência, as palavras, a crueldade, o belo espírito ou a teosofia, servindo de base para os sistemas fisionómicos que influenciavam a, então emergente, antropologia criminal.