Quando a Tinta não Vinha em Tubos
Projeto apresentado na Noite Europeia dos Investigadores da Macaronésia, no âmbito de uma colaboração com o Centro de Ciência de Angra do Heroísmo Através da exploração da maleta pedagógica Quando a Tinta não vinha em Tubos, pretende-se dar a conhecer as técnicas e materiais utilizados tradicionalmente na preparação das tintas até ao surgimento da Revolução Industrial, resgatando velhos procedimentos que, embora nalguns casos utilizassem substâncias de elevada toxicidade como o arsénico e o chumbo, noutros recorriam a produtos básicos e inofensivos como materiais terrosos e cinzas. Alerta-se, assim, para uma alternativa ao fabrico convencional de tintas, que reduz a utilização de materiais poluentes e tóxicos, sendo por isso menos agressiva para o meio ambiente, desde que a obtenção da matéria-prima não resulte em degradação ambiental.
Público-alvo: adaptável em função da faixa etária