Caracterização Exposições Museu Aberto Informações
Museu Educativo Histórico de ateliês, eventos e
colaboração com visitantes e escolas
2018 Ateliês 2018 | 2017 | 2016 | 2015 | 2014 |2013 |2012 |2011 | 2010 | 2009 | 2008

Ateliês escolares

Crafts for Kids
Vamos visitar a exposição Craf&Art e ficar a conhecer as diferentes técnicas utilizadas pelos artesãos que elaboraram  as diferentes peças que a compõe. Depois, inspirados nas peças que vimos, vamos cirar alguns adornos bem coloridos.
Público-alvo: adaptável em função da faixa etária.
Baleia à Vista
A mostra do ceramista Adolfo Mendonça dá o mote a uma conversa sobre a baleação norte-americana e a sua influência na caça à baleia nos Açores. A diferença entre baleia e cachalote e a finalidade da caça destes é também abordada no decorrer desta atividade que termina com uma visita à exposição Do Mar e da Terra... uma história no Atlântico, onde estão patentes objetos de arte e uso comum fabricados com dente e osso de baleia.
Público-alvo: adaptável em função da faixa etária.
Natureza Viva
Depois de uma visita à exposição Pintura e gravura de Wall Perné | uma coleção holandesa de Gustaaf van Manen nos Açores, os meninos criarão as suas próprias paisagens e naturezas mortas, tendo por base reproduções das telas deste pintor holandês.
Público-alvo: adaptável em função da faixa etária.
Olhar Artesão
Nesta visita ao Museu, dá-se conta das variedades de texturas, cores e cheiros das madeiras e exalta-se o saber dos artesão que com carinho e perícia as transformam em peças belas e úteis, cujas formas foram inspiradas nas das rendas e alfenim.
Trapos
Visitámos a exposição Retalhos | uma Abordagem ao Patchwork Açoriano para perceber como, com paciência, habilidade e gosto, o que era considerado um desperdício se transformou em peças úteis e decorativas que passaram a integrar o património familiar e cultural regional. 
Depois, recorrendo a pano cru, retalhos e alfazema, fizémos umas saquinhas bem cheirosas.
Público-alvo: adaptável em função da faixa etária.
À força de água
Depois de uma visita à exposição Aquedutos | Água e Património, em que se dá a conhecer a função e funcionamento dos aquedutos, fazem-se algumas experiências em que se constroem alguns dispositivos aproveitando a força motriz da água, nomeadamente uma garrafa dispersora e uma turbina.
Pintar com linhas
Vamos ficar a conhecer o trabalho de patchwork de Linda Thorton e ficar a perceber como costurando também se podem contar histórias e “pintar" quadros. Depois, em ateliê, vamos usar linhas, botões e tecidos para criar uma página do nosso diário têxtil.
Legião do MAH
Nesta visita, vamos ficar a conhecer melhor a colecção de coberturas de cabeça do MAH, nomeadamente o capacete do tipo Montefortino (Séc. IV a.C. a I d.C.), actualmente exposto na Sala Memórias do Edifício, que terá pertencido a um militar romano ou a um guerreiro ibérico.
Da ovelha ao cachecol
Introdução ao ciclo da lã a partir de uma apresentação complementada com a observação de peças que integram a
exposição Instrumentos de Trabalho ou de Cultura. A existência de réplicas elaboradas para o efeito permitirá ainda experimentar algumas das fases do processo de tratamento da lã.
Público-alvo: adaptável em função da faixa etária.
Em Louvor do Trabalho
Visita orientada à exposição Instrumentos de Trabalho e de Cultura em que alguidares, rodas de fiar e fusos, cangas e arados, plainas, martelos e goivas propiciam um viagem a um outro tempo em que família e animais se associavam de modo a providenciar sustento, vestuário e alimentação, trabalhando lado a lado e, em dias lembrados, engalanando-se para festejar. Depois, em ateliê, vamos reproduzir, recorrendo a materiais vários, os motivos decorativos das cangas de luxo que vimos expostas.
Público-alvo: Adaptável em função da faixa etária.
Glória de Natal III
Mais uma vez o Serviço Educativo vai transformar-se num tabuleiro em que se dará a conhecer a origem e o fundamento de tradições natalícias, nossas e alheias, porque o Natal é tempo de partilha e união.

Ateliês individuais

Mundos de bolso
Serviço educativo do MAH 26 de julho 14h00/17h00
Depois de uma visita à exposição Tudo no Mundo Existe para Acabar em Livro, serão construídos teatrinhos a partir de caixas de cartão e criadas personagens para que cada participante possa inventar a sua própria história.
Público-alvo: 10 crianças a partir dos 6 anos
Frequência gratuita dependente de inscrição prévia através do telefone 292 440 800 ou do e-mail museu.angra.agenda@azores.gov.pt
Malta das Naus
Serviço Educativo, 18 de julho, 14h00/17h00
O Serviço Educativo do Museu do MAH vai transformar-se novamente num tabuleiro de jogos inspirados em peças das coleções do Museu de Angra do Heroísmo que têm muito para contar.
Público-alvo: 20 crianças a partir dos 6 anos.
Frequência gratuita dependente de inscrição prévia através do telefone 292 440 800 ou do e-mail museu.angra.agenda@azores.gov.pt
Fadalândia
Serviço educativo do MAH 6 de julho 14h00/17h00

No decorrer de uma visita à exposição Tudo no Mundo Existe para Acabar em Livro, fala-se sobre as personagens que habitualmente aparecem nos contos e sobre as suas características e significados. Depois, com molas, cartão e trapos, cada um vai criar a sua própria personagem, dar-lhe um nome e descrever os poderes mágicos de que está imbuída.
Público-alvo: 10 crianças a partir dos 6 anos
Frequência gratuita dependente de inscrição prévia através do telefone 292 440 800 ou do e-mail museu.angra.agenda@azores.gov.pt
Iniciação ao empalhamento
Serviço Educativo do MAH, 30 de junho, 14h00/17h00
Ateliê desenvolvido no âmbito do programa de dinamização da exposição Craft&Art.
Formadora: Manuela Medeiros.
Participação limitada a 10 adultos.
Frequência gratuita dependente de inscrição prévia através do telefone 295 240 800 ou do e-mail museu.angra.agenda@azores.gov.pt
Bijuteria com Cordas
Serviço Educativo do MAH, 16 de junho, 14h00/17h00
Ateliê desenvolvido no âmbito do programa de dinamização da exposição Craft&Art.
Formadora: Aida Barbosa.
Participação limitada a 10 adultos.
Frequência gratuita dependente de inscrição prévia através do telefone 295 240 800 ou do e-mail museu.angra.agenda@azores.gov.pt
Ateliê de produção de moldes com o ceramista Adolfo Mendonça
Serviço Educativo, 19 de maio,14h00/17h00
Neste ateliê, será demonstrada a técnica de confeção de vários tipos de molde, pelo ceramista Adolfo Mendonça, cuja obra se inspira na vida marinha açoriana, tendo como especial referência os cetáceos.
Flores do Mar | Ateliê de iniciação ao trabalho em escamas de peixe
Serviço Educativo, 12 de maio, 14h00/17h00
Neste ateliê, recorre-se a escamas de peixe, que depois de tingidas e presas a canotilho se transformam em flores tão coloridas e compostas como as que figuram nas naturezas-mortas pintadas por Perné, no início do século passado, exibidas na Sala Dacosta.
Formadora: Aida Barbosa.
Participação limitada a 10 adultos.
Frequência gratuita dependente de inscrição prévia, através do mail museu.angra.agenda@azores.gov.pt
CLASSE DE TEATRO pelos Cães do Mar
Serviço Educativo, sábados, das 11h00 às 12h30
Público-alvo: crianças entre os 7 e os 12 anos.
Direção: Raquel Raposo - licenciada em Teatro e Educação pela Escola Superior de Educação de Coimbra e com mestrado em Direção de Cena pela Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo no Porto.
Inscrições através do e-mail mar.dos.caes@gmail.com ou do telefone 934 491 572.
20 € mensais pagos à formadora.
Ateliê de gravura com Dionísio Souto Abreu
Atividade dinamizada no âmbito da exposição Tudo no Mundo Existe Para Acabar Em Livro
Museu de Angra do Heroísmo, 29 de abril, 14h00/17h00
Frequência gratuita, limitada a 8 participantes adultos.
Inscrição prévia através do telefone 295 240 800 ou do e-mail museu.angra.agenda@azores.gov.pt
Filosofar, Investigar e Dialogar no Museu
Núcleo de História Militar Manuel Coelho Baptista de Lima, 3 de março, 11h00 /12h00
Na sessão do dia 3 de março, parte-se de um excerto do livro História de um Caracol que descobriu a importância da lentidão, de Luís Sepúlveda e pensar porque é tão lento o caracol?” Facilitadora: Ana Lúcia Ribeiro.
Público-alvo: crianças entre os 8 e os 12 anos.
Inscrições através do telefone 295 240 800 ou do e-mail museu.angra.agenda@ azores.gov.pt.
2,5 € por sessão pagos à formadora.
Ateliê de Trabalhos em Madeira
Canada da Rua Longa,nº 31. Biscoitos – Terceira
14 de abril, 14h00/15h30; 16h00/17h30

Neste ateliê, que integra o programa de dinamização da mostra Residência Criativa | Recortes e Embutidos em Madeira, será realizada uma pequena peça embutida e torneada com a orientação dos artesãos Francisco e Susana Almeida.
Participação gratuita, mas limitada a 6 formandos adultos.
Formandos deverão assegurar a sua própria deslocação.
1.º turno, 3 participantes: 14h00/15h30
2.º turno, 3 participantes: 16h00/17h30
Inscrições através do telefone 295 240 800 ou do email museu.angra.agenda@azores.gov.pt
Retalhos Geométricos
Serviço Educativo, Museu de Angra do Heroísmo, 7 de abril, 14H00/17H30
O patchwork geométrico de origem anglo-saxónica surge nos Açores por influência dos emigrantes norte-americanos, responsáveis também pela introdução da máquina de costura manual, cujo uso se difunde nos finais do século XIX. Tal prática generaliza-se a partir das décadas de 60 e 70 do século passado, mediante a vulgarização do reaproveitamento de poliéster, matéria-prima que chegava em barris de roupa da América, que por não desfiar se tornava mais fácil de trabalhar, permitindo a criação de “mantas de feitios”, muitas delas com padrões clássicos do patchwork americano. Neste ateliê, orientado por uma experiente artesã, serão elaboradas pequenas peças de uso doméstico em patchwork, recorrendo a esta técnica de reutilização de retalhos.
Formadora: Maria da Conceição Correia Gomes
Público-alvo: 8 formados adultos com prática de costura.
Participação gratuita dependente de inscrição prévia através do telefone 295 240 800 ou do e-mail museu.angra.agenda@azores.gov.pt
Colorir à Martelada
Serviço Educativo, 28 de março, 14h00/17h00
Nesta Primavera, vamos aprender mais sobre plantas tintureiras como o açafrão da Índia, a ruivinha e o dragoeiro e usá-las para tingir sacolas que nós mesmos vamos confecionar de uma forma divertida e bem enérgica.
Público-alvo: 10 crianças a partir dos 5 anos
Frequência gratuita dependente de inscrição prévia através do telefone 295 240 800 ou do e-mail museu.angra.agenda@azores.gov.pt
Mexer com Água
Oficina de Ciência
Serviço Educativo do Museu de Angra do Heroísmo, 27 de março, 14h00/15h30
Esta oficina resulta de uma colaboração do Centro de Ciência de Angra do Heroísmo com o Museu de Angra do Heroísmo, no âmbito da exposição Aquedutos | Água e Património. O objetivo é demonstrar o princípio dos vasos comunicantes com experiências simples com água e mostrar que era através deste mecanismo que funcionavam os aquedutos. Assim, os participantes aprenderão os conceitos por detrás deste princípio e no fim da sessão, constroem um pequeno sistema, reutilizando materiais, que depois levam para casa.
Público-alvo: 20 crianças a partir dos 6 anos
Participação gratuita dependente de inscrição prévia através do telefone 295 240 800 ou do e-mail museu.angra.agenda@azores.gov.pt
Retalhos com glamour
Oficina de bordado com missangas e aplicação de rendas
Serviço Educativo, 10 de março, 14h00
Os usuais trabalhos de reaproveitamento de retalhos para fins utilitários têm vindo a sofisticar-se e a ganhar uma dimensão decorativa e estética que justifica o seu enriquecimento através do bordado com missangas e da aplicação de rendas e outros ornatos nobres.
Formadora: Sílvia Teixeira
Inscrições limitadas a 8 participantes adultos com noções básicas de costura.
Frequência gratuita dependente de inscrição prévia através do telefone 295 240 800 ou do e-mail museu.angra.agenda@azores.gov.pt
Teatro Infantil
Associação Educativa de Artes Rítmicas e Expressivas Galáxia
Lançamento do livro Bruxas em Quarentena, Flávia Medeiros
Claustro do edifício de São Francisco, 10 de março, 15h00
O que seria das histórias sem bruxas? A malvadez de alguém consegue o inimaginável: colocar em perigo todo o reinado da bruxaria… Por entre os bosques, mares, bibliotecas, contos e poções, todas as bruxas deste e de outros mundos têm de se unir contra a grande ameaça que se apoderou sobre elas…
Será que as histórias que conhecemos irão mudar para sempre? Descobre como tudo irá acontecer no feitiço desta peça que o grupo de teatro ‘Galáxia’ leva ao palco.
Filosofar, Investigar e Dialogar no Museu de Angra do Heroísmo
FILOSOFIA PARA CRIANÇAS: promoção de competências cognitivas, afetivas e comportamentais
Núcleo de História Militar Manuel Coelho Baptista de Lima
27 jan./ 17 fev./ 10 mar./ 14 abr./ 12 maio / 2 jun. 11h00

Nas sessões, a facilitadora convida as crianças a estabelecer relações entre o pensado e o verbalizado, levando em atenção as contradições entre as vozes e incentivando todos a expressarem-se. Os possíveis diálogos resultam dos estímulos apresentados e das questões colocadas pelas crianças e “navegam” sobre temas como o sentido da vida, a ação, o pensamento, as emoções, o poder, a responsabilidade, a arte, entre outros de natureza filosófica.
Público-alvo: crianças entre os 8 e os 12 anos.
Facilitadora: Ana Lúcia Ribeiro, licenciada em Psicologia (UL), pós-graduada em Filosofia para Crianças (UA), frequenta um curso de Filosofia para Crianças, em formato e-learning pelo Centro de Filosofia para Ninos – Madrid.
A participação na oficina implica o pagamento à formadora de 2.50 euros por sessão.
Chapéus mas não muitos
Serviço Educativo do Museu de Angra do Heroísmo, 3 de fevereiro, 14h00/17h30
No carnaval, a catarse coletiva opera-se através do excesso, da infração, da loucura consentida. Neste ateliê, convidamo-lo a dar asas à sua criatividade, criando uma chapéu carnavalesco com lantejoulas, flores, laços e fitas, mas sem o famigerado mercúrio que enlouqueceu tantos chapeleiros.
Monitora: Ana Brum
10 participantes, adultos e crianças com idade superior a 10 anos ou acompanhadas por encarregado de educação.
Custo: 10 g pagos à formadora.
Inscrições através do telefone 295 240 800 ou do e-mail museu.angra.agenda@azores.gov.pt
Ateliê de Modelagem realizado no âmbito da II Maratona Luso-americana de Leitura de “Moby Dick”
Serviço Educativo do Museu de Angra do Heroísmo, 6 de janeiro, 14h00/17h00
Participação gratuita limitada a 10 crianças a partir dos 6 anos
Monitor: Adolfo Mendonça
Inscrições através do e-amail museu.angra.agenda@azores.gov.pt ou do telefone 295 240 800
Pão com Carinho | Workshop de manufatura de pão caseiro
Serviço Educativo do Museu de Angra do Heroísmo, 13 de janeiro, 14h00
Visita à exposição Instrumentos de Trabalho ou de Cultura que inclui registos fotográficos do processo tradicional de preparação do pão.
Confeção de diversas receitas de pão caseiro fáceis e rápidas: 3 farinhas, pão pitta e pão doce challah.
Formadora: Cecília Melo
Participação limitada a 12 formandos
Inscrição através do telefone 295 240 800 ou do e-mail museu.angra.agenda@azores.gov.pt
Custo: 10 € pagos à formadora
   
2007 © Museu de Angra do Heroísmo. Todos os direitos reservados. Última actualização a 2018-09-14