Caracterização Exposições Museu Aberto Informações
Galeria Saberes e Técnicas Tradicionais Exposições permanentes

A abertura da Galeria STT a 12 de Março de 2004, constituiu a concretização de um projecto que teve como primeiro objectivo a organização das colecções etnográficas do MAH, baseada nos conceitos de objecto museológico e de museu entendidos como documento e banco de dados.

Em termos de organização do espaço – o antigo armazém da Fábrica de Tabaco Âncora – pretendeu-se conciliar os objectivos de uma reserva – a organização de conjuntos de objectos quantitativa e qualitativamente significativos, ligados entre si por afinidades temáticas e relações funcionais – com os objectivos de uma exposição – tornar essas afinidades e relações de mais fácil leitura e compreensão.

Como é sabido, a exposição deste tipo de colecções, enquanto unidades temáticas e funcionais, coloca-nos quase sempre perante o problema da descontextualização, que é causada pelos seu processo de incorporação no museu e que consiste em saber como tratar essas relações que faziam parte dos seus contextos de origem e que, de certa forma, se perderam. Neste ponto optámos por assumir esse processo de ruptura, usando meios museográficos que distinguem as várias unidades temáticas, nomeadamente através da cor.

O grande objectivo foi e é tratar as colecções como instrumentos capazes de potenciar as mais diversas experiências e vivências, não só pedagógicas e científicas como sociais e recreativas, e de abranger os mais variados públicos.
Data de início: 12 de Março de 2004
Local: Museu de Angra do Heroísmo
Exposição Permanente: visitável a pedido
Organização: Museu de Angra do Heroísmo
Responsável científico: Maria Helena Ormonde
Tipo de exposição: Etnografia
2007 © Museu de Angra do Heroísmo. Todos os direitos reservados. Última actualização a 2011-11-15