Caracterização Exposições Museu Aberto Informações
Exposições 2010

2017 |2016 | 2015 |2014 |2013 |2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006
         
«Rumo ao Sul: instantes e Jazz»
fotografia de Jazz de Carlos Catarecha
Sala Dacosta, 2 de Outubro a 30 de Janeiro

A exposição é composta por 29 fotografias de músicos de jazz da autoria de Carlos Catarecha, um fotógrafo catalão, que pretendem reflectir as diferentes realidades que ocorrem num concerto, em que se podem observar reflexos da personalidade dos intérpretes, cada um exercendo a sua liberdade de improvisação, mas, ao mesmo tempo, sendo solidário com a construção de um percurso comum.
 
useu Aberto Museu Aberto 2010
Conjunto de 12 Cartazes de exterior com fotografias de peças que integram o espólio do Museu de Angra do Heroísmo, da autoria de António Araújo. Os mesmos correspondem a outras tantas edições da rubrica com o mesmo nome publicada quinzenalmente no Diário Insular. Estão afixados nas paredes da Igreja de N.ª Sr.ª da Guia, Caixa Geral de Depósitos e Igreja da Misericórdia.
 
Ouro Branco – O marfim
Sala de Oportunidades, 18 de Junho a 14 de Novembro
Inauguração integrada no programa das Sanjoaninas, dia 18, sexta-feira, pelas 18h45.

A par dos metais e pedras preciosas, o marfim é o material exótico escolhido, desde há milénios, para obras de arte e complementos decorativos requintados.
Nos Açores, o desenvolvimento da caça à baleia permitiu o uso do dente de cachalote e do material ósseo em substituição do tradicional marfim de elefante.
Nesta exposição, apresentam-se peças de várias épocas e manufacturas, que incluem marfim de várias origens na sua composição.
 
Brilhos da Honra
Uma condecoração é, por definição, brilhante e colorida.
Ela procura chamar a atenção sobre o seu possuidor, tornando evidente e público o apreço da comunidade por alguém que, de alguma forma, se destacou dos demais.
Tradicionalmente ligadas aos feitos militares, as condecorações celebram, hoje em dia, um vasto leque de méritos e honras.
Apresentam-se alguns dos exemplares mais interessantes e “brilhantes” das colecções do Museu de Angra do Heroísmo.
Sala de Destaques, 18 de Junho a 20 de Outubro
Inauguração integrada no programa das Sanjoaninas, dia 18, sexta-feira, pelas 18h45.
 
1ª Exposição Gamma de Fotografia
Exposição de fotografia organizada pelo Grupo de Amigos do Museu da Marinha e apresentada na Terceira na sequência de uma proposta do Sr. Capitão do Porto de Angra do Heroísmo, Capitão de Fragata Diogo Vieira Branco.
Auditório, 18 de Junho a 25 de Julho.
Inauguração integrada no programa das Sanjoaninas, dia 18, sexta-feira, pelas 18h45.
 
Sombras do que ficou por dizer
Mostra composta por 12 desenhos a tinta-da-china, no formato de 100 x 70 cm, da autoria de Pedro Madeira Pinto, que retratam rostos que impressionaram o artista, aquando da sua visita ao arquipélago cabo verdiano, cuja gente, segundo ele, se singulariza “pelo seu optimismo, esperança e vida na alma que renasce a cada dia”.
Sala Dacosta, 18 de Junho a 26 de Setembro.
Inauguração integrada no programa das Sanjoaninas, dia 18, sexta-feira, pelas 18h45.
 
Ernesto Veiga de Oliveira - Um Etnólogo nos Açores
Exposição comemorativa do centenário do nascimento de Ernesto Veiga de Oliveira (1910/1990), que integra objectos de uso quotidiano, alfaias agrícolas e instrumentos musicais. Os mesmos ilustram o levantamento etnográfico efectuado por aquele etnólogo, durante a Campanha dos Açores, em Novembro de 1963, realizada em conjunto com Benjamim E. Pereira, a qual teve como principal propósito completar a recolha de instrumentos musicais populares portugueses, levada a cabo por incumbência do Serviço de Música da Fundação Calouste Gulbenkian.
Sala do capítulo: 14 de Maio a 19 de Setembro de 2010
 
Memórias de uma Encruzilhada, Ilha Terceira – Açores
Durante a Segunda Guerra Mundial os Açores viram-se, de novo e de modo bastante involuntário, incluídos nos planos de guerra de todas as potências beligerantes. Nesta exposição, apresentam-se a algumas memórias e recordações de um tempo que corria rápido para o Mundo e que levou a alterações definitivas, nele e nestas ilhas.
Sala de Destaques: 13 de Abril a 13 de Junho de 2010.
 
A Tentação de Santo Ant(ónio)ão na obra de António Dacosta
Conjunto de 3 obras de uma série de 5 quadros de António Dacosta inspirados no Retábulo de Issenheim, representativo das tentações de Santo António, que pela sua exuberância grotesca, cativou a atenção de Dacosta. Dois dos quadros encontram-se em paradeiro desconhecido, pelo que serão apresentadas reproduções fotográficas. O retábulo de Issenheim foi pintado por Grünewald, no século XVI, e faz parte da colecção de arte antiga do museu de Unterlinden.
Sala Dacosta: 19 de Março a 13 de Junho de 2010
 
Barcos com história
Conjunto de modelos de barcos, de dimensões variáveis, em madeira ou em materiais sintéticos,   seleccionados, não em função do seu valor intrínseco enquanto peças, mas da sua capacidade de evocar histórias de glória, coragem e aventura que tiveram como protagonistas navegadores e militares, pescadores e marinheiros.
Sala de Oportunidades: 26 de Março a 9 de Junho de 2010
 
"Objectos de Culto"
7 esculturas, 6 em ferro e porcelana e uma em ferro e mármore, da autoria da escultora Graça Costa Cabral
Sala do Capítulo, 5 de Fevereiro a 2 de Maio de 2010
 
"UHH!... 'TRÁS!" O jogo do esconde-esconde"
15 moldes de máscaras de carnaval das oficinas de João de Sousa Ribeiro e Mestre Maduro Dias, em madeira e argila.
Sala de Destaques, 3 de Fevereiro a Abril de 2010
 
“Vídeo Killed The Painting Stars”, vídeos de José Maçãs de Carvalho
Conjunto de 11 vídeos que constituem uma abordagem iconoclasta a algumas imagens basilares da história das artes visuais (de Caravaggio, Velasquez, Manet, Helmut Newton a Andy Warhol ou Jeff Wall), criando uma nova obra, radicalmente diferente da original.
Sala Dacosta, 23 de Outubro a 14 de Março de 2010
 
O Mundo do Bronze
Pretende-se com esta exposição revisitar minerais em aspecto nativo, processos e resultados, aprofundando o conhecimento de um metal cujo impacto civilizacional foi enorme. Percorre-se a imensa panóplia de finalidades e utilizações do bronze, através de peças, desde o século I a.C. até à actualidade, como armas, sinos, balanças, pesos e medidas, peças de navios, medalhas e moedas, esculturas e instrumentos dos mais variados.
Sala de Oportunidades, 23 de Outubro de 2009 a 19 de Março de 2010.
 
Retratos dos Bispos de Angra – 475 anos da Diocese de Angra
Colecção de retratos dos Bispos de Angra, levada a cabo no âmbito das celebrações dos 475 anos da Diocese de Angra do Heroísmo.
Sala do Capítulo, 17 de Outubro de 2009 a 31 de Janeiro de 2010.
 
Tefillat Yesharim Tefillat Yesharim – um manuscrito oitocentista da comunidade hebraica em Angra
Exposição de uma espécie documental recentemente adquirida em Londres pelo Museu de Angra. Trata-se de um "Tefillat Yesharim" ou “oração dos justos”, um livro manuscrito da autoria de Mimon Abohbot (1800-1875), um judeu de origem marroquina que se instalou em Angra, no início do século XIX. A obra inclui uma recolha de orações para a semana, o Sabbath e outras festividades, além de pormenores biográficos sobre a comunidade judaica açoriana.
Sala de Destaques, 6 de Outubro de 2009 a 24 de Janeiro de 2010.
 
David – 1501-1504 / 2006-2009 David – 1501-1504 / 2006-2009 Exposição de uma escultura em ferro da autoria de Ricardo Lalanda
Catálogo (pdf, 3.1Mb)
Adro da igreja de Nossa Senhora da Guia, até 3 de Janeiro de 2010
 
   
2007 © Museu de Angra do Heroísmo. Todos os direitos reservados. Última actualização a 2012-05-18