Exercícios de Memória
Sala Dacosta, 25 de janeiro a 29 de março
Tal como o fogo, o livro é fundamental na relação do Homem com a realidade por viabilizar a comunicação de forma concreta com seres humanos de épocas passadas e facultar o acesso a outros mundos para além do que se considera a Verdade. Num contexto em que a informação deixa de estar escrita em objetos para passar a depender da eletricidade, o livro torna-se um monumento ao conhecimento, a ideia solidificada. A biblioteca passa a ser um Museu e o livro passa a ser uma escultura.