No espaço do refeitório conventual, decorado com painéis de azulejos datados do século XVII, o visitante encontra uma colecção de transportes de tracção animal dos séculos XVIII e XIX.
A viatura mais antiga apresentada neste espaço é uma sége do século XVIII, na qual é, ainda, evidente o alto rodado, a armação de madeira, os arcos de ferro seguros com grossos cravos e o trabalho de talha que está presente em algumas zonas do jogo.
Do transporte mais antigo aos landeaus e traquitanas, o espaço convida à descoberta dos materiais utilizados no fabrico das viaturas, os sistemas de travagem, os frisos decorativos, as cortinas de correr para “esconder” os transportados, as lanternas biseladas... Planeie um passeio demorado para conhecer toda a diversidade apresentada.

Desde 2012

Viaturas de Tracção Animal
Viaturas de Tracção Animal
Catálogo de exposição